Observação de Baleias














VER FOTOS EM TELA CHEIA

Engana-se quem pensa que as baleias da espécie jubarte são avistadas somente em Abrolhos. Em Porto Seguro, o espetáculo do maior mamífero do planeta também pode ser contemplado anualmente no período de julho até meados de outubro, quando as baleias vindas da Antártica escolhem as águas mornas do litoral para reproduzirem, terem seus filhotes, ou simplesmente aprenderem o caminho para chegar até aqui.
“Trata-se de um novo produto turístico que estamos trabalhando na cidade com o objetivo de agregar mais valor e proporcionar diferentes opções para nossos visitantes e moradores”,

explica Paula Leite, da Cia. do Mar, empresa responsável pelo passeio. Há dois anos, Paula se juntou à bióloga Thaís Melo, que cuida da parte técnica do projeto. “É um trabalho muito gratificante, ver a felicidade das pessoas, a interação da baleia com o barco, é realmente maravilhoso”, comenta a bióloga.

Aprendendo com a natureza
A saída para observação das baleias começa com uma palestra que explica as condições do passeio, as características das baleias, o processo de migração e as dicas de navegação e segurança. “É preciso que todos se conscientizem das normas de observação e do quanto podemos nos aproximar para não estressar o animal. Mas tivemos algumas ocasiões em que a própria baleia se aproxima do barco, acho que tudo depende mesmo da energia das pessoas no passeio”, afirma Thaís.
O passeio é feito em um barco tipo lancha, que navega mais rápido e oferece banheiro, além de conforto com área coberta, almofadas, frutas etc. “Levamos no máximo 50 pessoas para garantir que todos fiquem bem à vontade e que possam aproveitar o máximo que puderem, trocando informações com a bióloga e aprendendo um pouco mais com a natureza”, diz Paula.
Ao todo, são aproximadamente 4h de navegação, sendo 1h30 para chegar ao local, 1h de observação e 1h30 para retornar.

Coleta de dados
Segundo a bióloga Thaís, ainda não é possível precisar quantas baleias vem para o litoral de Porto Seguro e nem quando este movimento começou. “Com a proibição da caça, em 1986, as baleias voltaram a ocupar algumas áreas e este fenômeno inclui a Costa do Descobrimento”, explica, afirmando que todas as visitas realizadas servem para levantamento de dados.
Ela também conta que é possível ouvir o canto das baleias por um equipamento chamado hidrofone. “É um passeio de muitas surpresas e já recebemos turistas de diversas localidades do Brasil, estrangeiros, além de moradores e grupos de escolas, que têm condições especiais para fazer a visita”, comenta.
Para o secretário de Turismo de Porto Seguro, Luis Otávio Borges, a observação de baleias é mais um diferencial dos produtos turísticos do destino. “Aqui o turista encontra história, cultura, praias, festas, ecoturismo, e agora também a observação das baleias, que só contribui para agregarmos mais valor ao turismo da cidade”, avalia.

Mais informações sobre a observação de baleias podem ser obtidas pelo site www.ciadomar.com ou pelos telefones:
(73) 8802-1110 / (73) 8819-5060 / (73) 9967-3128